Como escolher a escola de inglês no Canadá?

"Meu primo disse que essa instituição é boa." E aí?

É super comum ouvirmos de alunos que querem ir para escola “x” ou escola “y”, pois o amigo, primo ou algum conhecido fez intercâmbio no exterior e estudou naquela escola. Atitude normal, pois ninguém gosta de ter péssimas experiências e essas recomendações diminuem a possibilidade de ir para uma escola ruim.

Mas como diria Shakespeare: “há muito mais coisas entre o céu e a Terra do que supõe nossa vã filosofia”… Não basta ter uma boa referência da escola, uma vez que há dezenas de fatores que podem influenciar na sua experiência em sala de aula.

Alguns itens a serem levados em consideração ao escolher sua instituição de ensino:

Seu professor tem certificados, graduação ou é apenas alguém que fala inglês e está fazendo um “bico” em sua escola?

Não basta ser nativo! Se o professor não tiver didática e prática em passar o conhecimento de nada vale o conhecimento linguístico dele.

Como é a região de sua escola?

Afinal, você ficará boa parte do seu dia nessa região! Você ainda irá se alimentar por perto e fazer algumas caminhadas na vizinhança de sua escola. Se for uma região muito desagradável, considere outros fatores e veja se realmente vale a pena ficar nela ou se seria melhor mudar de localidade.

Quais são as atividades extras de sua escola?

Ao realizar um intercâmbio, você deve abrir sua mente, aproveitar e entender o máximo possível das diferenças culturais que existem. Contudo, não é por isso que você tem de se limitar a fazer tudo que lhe sugerem. Algumas atividades culturais podem não ser apropriadas ao seu perfil e seus gostos.

Se sua escola só oferece eventos como churrasco na praia e futebol no final de semana é possível que você não vá querer participar disso sempre e isso pode fazer com que tenha menos chance de vivenciar o idioma e menos chances ainda de fazer novos amigos. Vale a pena ter uma variedade de atividades, como festas, esportes, passeios turísticos, visitas a museus e galerias, cinemas e etc. Quanto mais diversidade, melhor para você!

Quais opções disponíveis para o nível avançado?

Isso mesmo, já pensou sobre isso? Há escolas que têm uma concentração grande de alunos nos módulos intermediários, mas quando você precisa ir para o módulo avançado, elas oferecem apenas algumas turmas. Isso faz com que as turmas sejam muito cheias ou que você tenha que ficar na mesma turma por um longo período. É como se a escola lhe “segurasse” ao invés de incentivar seu aprendizado!

Quantas nacionalidades há em sua escola?

Tente encontrar uma escola (conte com a gente pra isso!) a qual tenha uma boa diversidade de nacionalidades, assim você não ficará à mercê de um tipo de sotaque e evita formação de “panelinhas” da mesma nacionalidade, fazendo com que você tenha uma experiência multicutural bem melhor! Boas escolas não aceitam mais que 20 a 25% de alunos do mesmo país.

A escola possui outras unidades no país onde pretende realizar seu intercâmbio?

Se for realizar um intercâmbio de longa duração, considere escolas que tenham mais de uma localidade (se possível em cidades diferentes). Isso não é primordial, mas seria uma boa maneira de visitar diferentes cidades no país sem parar seus estudos. Fique atento, pois mesmo tendo diferentes localidades, pode haver taxas extras cobradas pela escola para fazer a alteração de unidade.

Qual o material utilizado pela escola?

Já imaginou sair do Brasil, voar mais de 15 horas de avião, ir para uma escola com professores nativos e encontrar um livro de baixa qualidade?! Por isso, vale a pena verificar com antecedência qual o material que a escola oferece.

Sua escola possui as certificações básicas?

Toda escola, em todos os países, tem que possuir ao menos as certificações/autorizações básicas para operar. No Canadá, por exemplo, a Language Canada é uma organização que regulamenta, fiscaliza e oferece garantias extras aos alunos.

Agora é a sua vez de botar essas dicas em pratica e não cometer erros na hora de escolher a escola certa. Enquanto isso, que tal ler nosso artigo “Cheguei…e agora?”, que lhe dará dicas indispensáveis para quem esta chegando ao Canadá em busca de praticar o Inglês.

À bientôt!
Equipe Excel Intercâmbio

Deixe seu recado!

comentários

Promoção válida até dia 28 de Fevereiro

Curso de inglês para jovens no Canadá